Apesar de não ser algo recente, moedas com erros tem despertado a atenção de novos colecionadores, inclusive algumas alcançando altos valores se comparado com outras moedas do Brasil de outros períodos, mas a falta de catálogo com preços gera muitas dúvidas.

São dois lados, quem coleciona erros sabe que nem sempre dá tempo de analisar uma moeda em mãos e o conhecimento conta muito para somente através de fotos fazer uma rápida análise.

Moedas de réis e cruzeiro com erros

Quem está vendendo, por outro lado, busca saber o que tem em mãos e sai em busca de um melhor valor para vender.

Antes de tudo coloco duas regras básicas:

  1. Saber o que você tem: que tipo de erro é, se realmente agrega algum valor a mais na moeda e se tem procura por ela.
  2. Saber quanto vale: e como não temos parâmetros, o melhor é recorrer a alguém que você conheça do meio e possa passar valores aproximados, também existe uma diferença entre vender para outro vendedor que já sabe o caminho pra quem poderia oferecer ou para o colecionador final, mas lembre-se nem tudo o que reluz é ouro.

Na numismática, conta muita a procedência de uma moeda, então é comum você ver uma moeda que estão vendendo por XX e a que você quer vender igual custar X e mesmo assim você não consegue.

Moedas de real, cruzeiro, cruzado e réis co erros
Moedas de real, cruzeiro, cruzado e réis co erros

Ocorre que vendedores do ramo já fez uma análise da moeda e se por algum motivo quem compra não estiver satisfeito com total facilidade desfaz a compra.

Então é um caminho que alguns colecionadores preferem fazer, pois vários na empolgação já compraram gato por lebre sem conseguir desfazer o negócio, infelizmente em qualquer meio existem os espertos de plantão.

Cunho descentralizado (off-center struck coins): moedas com boné
Saiba o que são moedas com boné também conhecidas como cunho deslocado. Uma explicação simples e direta sobre o erro Cunho Descentralizado.

Uma pergunta que muito fazem é porque não existe um catálogo de erros?

Simples, não se tem um parâmetro de quantidade de moedas que existe com erros e as variações de um mesmo erro são grandes, se colocarmos em cada moeda e cada ano a lista só vai aumentando, diferente de moedas de catálogo que são oficiais, várias possuem tiragem e obedecem uma lei de oferta e procura entre colecionadores.

Moedas de real, cruzeiro, cruzado e réis co erros
Moedas de real, cruzeiro, cruzado e réis co erros

Não vou aqui citar todos os erros que existem já identificados, mas por exemplo existem alguns que são muito comuns ou pequenos e que agregam pouco valor a mais em uma moeda, como disco com pequenos defeitos, cortados, cunho marcado, data marcada, discos lisos que são facilmente encontrados, pequenas descentralização de cunhagem, pequenos cunhos rachados ou quebrados, batida fraca, entre outros.

Quanto mais perceptível e de maior proporção o erro, começa a despertar interesse como, por exemplo, os defeitos visíveis no disco, discos trocados, batidas duplas ou múltiplas, cunhos descentralizados com mais de 20%, reversos invertidos ou horizontais, descentralização do miolo das moedas bimetálicas de 1 real, moedas com efeito pseudo incusa (brockage), cunho trocado, bifacial e os valores aumentam conforme ao tamanho do erro e a dificuldade em se aparecer.